O que é melhor: Consórcio ou financiamento?

Consórcio ou Financiamento?

Em tempos de economia fraca com juros alto, muitas pessoas ficam em dúvida se devem adquirir um consórcio ou um financiamento na compra de um bem.

Neste artigo, vou te mostrar o porquê fazer um consórcio é muito mais lucrativo. Confira!

Escolha o consórcio

Ao invés dos juros super altos, o consórcio tem uma taxa fixa de administração que já é estipulada pela própria administradora.

Claro que nela pode até mesmo haver ainda alguns outros custos, como por exemplo, uma porcentagem para um fundo de reserva que é usado para cobrir possíveis perdas com inadimplência.

Mas, o fato é que, quando comparado ao financiamento de um carro, o gasto é muito menor.  Isso porque, o valor que é pago pelo carro chega a ser no final das contas, até mesmo duas vezes e meia maior no financiamento. Isso mesmo!

Eu disse: duas vezes! Porém, se contratar um consórcio você pode dar um lance, isto é, pagar uma parte do valor do bem para ser contemplado por antecipação. Também, tem a opção de contar com o sorteio para ser contemplado.

A administradora é responsável por realizar um sorteio todos os meses em busca de definir quais integrantes do grupo serão os contemplados que vão receber a carta de crédito que possibilita a compra do automóvel.

O consórcio é mesmo altamente vantajoso em relação ao financiamento, ele não somente funciona para pessoas que não têm muita pressa em adquirir um veículo, como também é excelente para aqueles que desejam fazer a troca programada do veículo. É ideal para quem também deseja trocar de carro daqui a quatro anos, por exemplo.

Ou seja, em outras palavras o consórcio é altamente vantajoso para quem não precisa do veículo de forma imediata e também não consegue guardar um dinheiro de maneira alguma.

Deixe o financiamento de lado

Podemos dizer que a única vantagem de entrar de cabeça em um financiamento é poder sair dirigindo o carro em até uma semana, já que no consórcio o tempo de espera pode ser um pouco maior do que isso.

O financiamento sempre foi muito menos vantajoso se comparado ao modelo de consórcio, que está cada vez mais se tornando um modelo mais conveniente de negócio para os clientes.

O que acontece é que com o aumento abusivo da taxa Selic no país – que serve como uma base de número que indica para os clientes uma referência para todas as demais taxas da economia –  mostra que o custo de um financiamento pode se tornar ainda maior e que realmente não vale a pena arriscar.

Afinal de contas, se aumenta a taxa  Selic, os juros do financiamento também aumentam.

E muitas pessoas que ainda não fazem essa conta, devem ficar atentas!

By | 2017-11-23T14:29:18+00:00 Abril 4th, 2016|Uncategorized|